Para deslocamento de cargas é utilizado com maior frequência, o deslocamento da Ponte Rolante caracterizasse por ocorrer na parte superior do pavilhão, não obstruindo áreas no solo do parque fabril.

é composto por uma ou duas vigas, que suportam a talha, troles de deslocamento. As capacidades de elevação vão de 02 à 50 TON, distância entre rodas de 05 à 30 metros.

O desenvolvimento do projeto para deslocamento de carga possui muitas variáveis, que variam de acordo com a necessidade do cliente, contate-nos para adequar a melhor alternativa para a sua necessidade.

DETALHE PARA IÇAMENTO O içamento das pontes rolantes SSM é realizado no centro da viga. Um tubo rígido é mostrado previamente no centro da viga principal da ponte rolante, facilitando assim a montagem e desmontagem do equipamento.

img-sobre
img-sobre

ESTEIRA PORTA-CABOS O deslocamento dos cabos elétricos que alimentam a talha elétrica é realizado por meio de uma esteira porta-cabos. A curvatura da esteira é própria para este tipo de aplicação. Combinado com os cabos extraflexíveis, a vida útil do sistema aumenta consideravelmente. Além disso, este modelo de deslocamento de cabos elétricos é de alta suavidade e conta com simples características de manutenção.

Sistema de translação A tração de duas das quatro rodas é realizada por influência de dois motorredutores, transmitindo o movimento rotacional diretamente por eixos e acoplamentos, sem reduções, de maneira silenciosa e simultânea. Com a utilização das rampas de aceleração e desaceleração, a vida útil deste conjunto é muito satisfatória.

img-sobre
img-sobre

Painel elétrico O quadro de comando é projetado de acordo com as normas de segurança vigentes, oferece proteção contra cargas fora das projetadas, evitando danos nos motores, bem como a utilização de conversores de frequência, que possibilitam a realização de rampas de partida e frenagem, além da utilização de duas velocidades.

Tomada múltipla A ligação dos cabos elétricos nos painéis e nos motores pode ser realizada por tomadas múltiplas. Este tipo facilita consideravelmente quando se necessita de agilidade máxima em que a troca de um componente por outro é realizada de maneira extremamente ágil.

img-sobre

Fim de curso Em algumas situações, o sistema de batentes mecânicos pode ser substituído por um sistema de fim de curso regulável, que possibilita a limitação na translação em ambos os sentidos da ponte rolante, podendo se regulado para diferentes posições por pessoas habilitadas, de maneira simples e ágil.

Faça o download dos nossos catálogos

Pontes RolantesPDF / 12,7mb Talhas ElétricasPDF / 9,8mb